quarta-feira, 22 de abril de 2015

Não é só UTILITÁRIO

O que é exatamente um utilitário? “É um meio para um fim”, penso e completo: ”É um utensílio com a particularidade de suprir carências e necessidades domésticas” e, ainda,  vou além: “É um produto cujo valor de compra pode não ser orientado unicamente para a racionalidade. É uma cerâmica relevante para o domínio afetivo do consumidor quando promove o prazer de receber. Em sua extensa funcionalidade, de fogão e mesa.”


        
Viés                    
HISTÓRICO 

Mudam-se os tempos, mudam-se as louças. No mercado brasileiro, a louça “branca” [pó de pedra] substituiu a louça de barro [terracota] a partir do surgimento das fábricas de louças entre 1913 e 1940, em São Paulo. Basicamente artesanal, a produção de louça vermelha ainda subsiste, com inserção da tecnologia de vitrificação, para mantê-la atual e competitiva. É o caso da comunidade do Cabo de Santo Agostinho no litoral sul de Pernambuco. Mas a técnica de fatura e a estrutura social das artesãs da panela de barro pouco mudaram. Focado na tradição tupi-guarani, aquele utensílio de Goiabeiras Velha, no município de Vitória, no Espírito Santo, persiste ícone com selo de autenticidade, e força ancestral.


                         
                Leia mais www.teses.usp.br/teses/.../dissertacao_Jose_Hermes_Martins_Pereira.pdf
                                http://blogs.anhembi.br/congressodesign/anais/artigos/70028.pdf



                         Pegada 
SUSTENTÁVEL


Esmaltado, vitrificado, sustentável. Difícil pensar que o aditivo de queimas sucessivas constitui prática construtiva. Mas é justamente o que acontece com utilitários. A massa cerâmica deve receber uma camada vítrea transparente e incolor que previna a proliferação de fungos e bactérias para que acomodemos uma infinidade de alimentos c preparações. A boa notícia é que esse paradoxo técnico resulta em ações estratégicas de pesquisa com matéria-prima, decoração e queima, considerando potencialmente a implicação e o significado do respeito ao meio ambiente.

                                                       
                   Técnicas de Esmaltação
                    1 Banho | 2 Imersão | 3 Pincel | 4 Pulverização 


Objeto-Conceito

Tendência na arquitetura contemporânea, a integração de espaços cedeu lugar a uma estética descontraída em que equipamentos de cozinha e insumos conferem charme especial aos ambientes. É o momento normcore  [simplificar, misturar, usar menos e de mais de uma maneira] no décor (e no resto também!). Ouse com equilíbrio!



Utilitário da Linha Hexie
Conformação em molde de gesso e placa
Massa cerâmica branca e esmalte transparente